ESTRUTURA

 

Recursos Humanos

Temos uma equipe de profissionais, Biomédicos, Farmacêuticos, Bioquímicos, Biólogos, gerenciando o campo técnico com a mais alta qualificação. 

Aqui nossa maior satisfação é ver você feliz com nossos resultados.

 

Recursos Tecnológicos

Mantemos uma política constante de qualidade, tanto na tecnologia de aparelhos totalmente automatizados como na utilização de reagentes de última geração, nos moldes utilizados pela literatura médica internacional.

 

Controle de Qualidade

Controles de valores conhecidos de procedência internacional, comparando-se com os nossos resultados. Manutenção preventiva e corretiva de nossos equipamentos pelos respectivos fabricantes, tudo dentro dos parâmetros internacionais.

 

 

 

PERGUNTAS FREQUENTES

 

Remédios interferem em exames laboratoriais?

Alguns sim, portanto, quaisquer que sejam os remédios que você esteja tomando, informe a atendente do laboratório, mas nunca suspenda o uso de medicações sem consentimento do seu médico.

 

A alimentação interfere nos resultados dos exames?

Sim, principalmente na dosagem dos triglicerídeos.

. Pessoas com triglicerídeos alterados e fazem dieta rigorosa às vésperas do exame, poderão ter um resultado falsamente baixo.

. Pessoas com triglicerídeos normais, que comam comidas gordurosas no dia anterior   ao exame, poderão ter resultados alterados.

 

Pode fumar no dia do exame?

De jeito nenhum, se forem testes de agregação plaquetária e curva glicêmica.

 

Bebida alcoólica pode alterar os resultados?

Sim. Uma dose de uísque, uma cerveja ou um copo de vinho, são suficientes para elevar seus níveis, falseando os resultados. Por isso, o ideal é permanecer um dia sem ingerir bebidas alcoólicas.

 

Devo estar em jejum para coleta de exames de sangue?

Nem sempre o jejum é obrigatório, porem deve-se respeitar o jejum para os exames bioquímicos (8 a 12 horas), hemograma (4 horas) e hormonais (4 horas).

 

Água “quebra” o jejum?

Não, mas convém tomá-la com moderação, pois excesso de líquido pode interferir nos exames de urina.

 

Exame comum de urina tem que ser com a primeira da manhã?

Retenção urinaria de no mínimo 2 horas.

O recebimento do material coletado em casa será recebido no laboratório central ate às 14h. Lembrando que o material coletado pode permanecer em temperatura ambiente, no máximo 2 horas, após coletado.

Procedimento: Realizar sua higiene local com água e sabão e secar antes da coleta. Após a higienização, não utilizar medicação tópica na genitália, como por exemplo, pomadas, até o momento da coleta da urina. Colher preferencialmente a primeira urina da manhã. Se não for possível, coletar em outro horário, porém após permanecer pelo menos 2 horas sem urinar. O coletor é oferecido pelo laboratório.

 

Urina só pode ser colhida no laboratório?

Não. Pode ser colhida em casa, desde que seguidas às instruções de assepsia e de coleta fornecidas pelo laboratório, e a entrega da amostra no laboratório seja em no máximo 1 hora. Em caso de coleta com saco coletor, o ideal é que seja realizada no laboratório, devido a maior facilidade de contaminação da amostra com este método de coleta.

 

Menstruação interfere no exame?

Sim, por exemplo, no exame de urina. Por isso o ideal é fazê-lo fora do período menstrual, mas caso haja a necessidade pode-se colher adotando dois cuidados: Assepsia e uso de tampão vaginal, para o sangue não se misturar a urina.

 

Para colher o exame de fezes é necessário jejum?

Não. Também não é necessário ser a primeira evacuação do dia. Recomenda-se coleta em casa, em frasco apropriado e fornecido pelo Laboratório, sem contaminação de urina.

 

Por que quando se tira sangue, às vezes o local fica roxo?

Isto se chama hematoma: extravasamento de sangue para fora da veia. Ele pode ocorrer em determinadas situações, tais como: veias finas, delicadas, com muita pressão; falta de boa compressão após a coleta no local de punção e uso de medicações que atuem na coagulação, como a aspirina.